terça-feira, 14 de julho de 2009

Work in Progress

Terça, 14 de julho

4:10 Terminando a sessão de estúdio. Estamos aqui há quase 20 horas, com apenas intervalos para almoço e lanches. Finalizamos hoje a mixagem do segundo rolo do filme. Faltam mais dois. Enquanto o computer copia e salva, dou início ao novo post. Aqui dentro está quentinho, na rua está fazendo 8ºC. Pela manhã vou levar as mixagens desses primeiros rolos de trilha para o engenheiro que mixa o som geral do filme, com a música, falas e sons ambientais. Amanhã vou me dedicar a acompanhar esse trabalho. Quarta de manhã retomamos a mixagens das músicas.

O post de hoje vai ser um work in progress. Se alguém comentar nesse meio tempo, poderá alimentar os assuntos do dia. Vou dar uma pausa por aqui e retomo mais tarde em algum horário.

4:14 Desligando o lap, pra ir embora. Até logo.





10:50 Os termômetros em Porto Alegre marcam 10ºC. Fui dormir às 5 e acordei às 9. Gostei de ver a rapidez dos comentários, quando abri o post já havia dois.

Giselle, a idéia é essa mesmo, de que vocês acompanhem de pertinho esse processo, até para saberem um pouco como isso funciona. Estamos mixando em 5.1 e agora não estamos com tempo de fazer o 2.0 (stereo). Ontem combinei com o Tiago Becker, meu engenheiro de som, que isso será feito no começo de agosto. Só então poderemos fazer o up load das músicas no site oficial e no myspace. Eu bem que gostaria de já ir colocando, mas a prioridade agora é entregar o material para finalizar o filme.

Ariadne, você não está sendo nem um pouquinho estúpida. Sua pergunta é bem pertinente.A inspiração nem sempre vem. Às vezes, ela surge sem aviso e é bom que se esteja disponível para aproveitar. Em outras, tenho uma encomenda e, se não estou inspirado, fico tocando algum instrumento, até provocar alguma idéia. Muitas vezes vou para o piano, porque tenho menos familiaridade ou mudo a afinação do violão, pois o estranhamento geralmente me provoca uma reação criativa.

Toco violão desde os 14 anos de idade o que pode conduzir-me a caminhos já percorridos. Certa vez o grande guitarrista George Benson disse que "estava com a cabeça cheia de idéias, mas bastava pegar no instrumento para que elas se dissipassem..."

Para a trilha do filme não estou tendo dificuldades criativas. Aliás, fechando a tampa nessa madrugada, descobri que vou ter que criar uma música nova, pois embora os diretores considerassem que eu podia reaproveitar o material já existente com outros arranjos, comecei a sentir falta de novidade na trilha. Vou aproveitar a tarde de hoje para fazer isso, assim que terminar meu trabalho junto com o sonoplasta do filme.

11:21 Em progresso ...





16: 10 Tupy or not Tupy, that's the question?

Me vali dessa frase, tipicamente antropofágica, que tupinifica Shakespeare para destacar o comentário de Anna Luna, que lembrou Oswald como principal sujeito do Modernismo no Brasil. Não sei se isso é cem por cento verdadeiro, mas lembro que num dado momento, nos estudos de literatura na escola, os livros davam mais ênfase às contribuições de Mário de Andrade ao movimento. Com o tempo, a obra e as atitudes de Oswald foram obtendo maior repercussão entre as novas gerações e isso se deve em parte a uma identificação com a idéia de Antropofagia surgida, em 1928, através do Manifesto Antropofágico, que teve sua primeira leitura na casa de Mario de Andrade e posterior publicação na Revista de Antropofagia que Oswald fundou com Raul Bopp e Antônio de Alcântara Machado. Na assinatura do texto publicado no primeiro número da revista, vinha escrito:

Oswald de Andrade Em Piratininga Ano 374 da Deglutição do Bispo Sardinha."(Revista de Antropofagia, Ano 1, No. 1, maio de 1928.

Isso fazia menção a um episódio da história do Brasil datado de 1554, em que o Bispo Sardinha teria sido devorado pelos índios Caetés que acreditavam que assim procedendo adquiririam suas qualidades. Não se sabe ao certo se essa história ocorreu, mas é fato que serviu ao movimento antropofágico e posteriormente aos tropicalistas, como metáfora da proposta de digerir a cultura estrangeira para regurgitá-la posteriormente transformando-a em algo novo e autêntico.

16:30 Parando por aqui ... (ou não!)


Dicas de Leitura:

Se eu entrasse em férias agora e fosse para um lugar quente, leria Quincas Berro D'Água, deJorge Amado. Se fosse para um lugar frio, leria o Tempo e o Vento de Erico Veríssimo, para ficar entre autores brasileiros clássicos. Ainda dentro dos clássicos, visitaria Irmãos Karamazov de Dostoievski ou Ilusões Perdidas e sua continuação, Esplendores e Misérias das Cortesãs de Balzac. Aprende-se muito sobre o ser humano lendo esses autores.

Se fosse aconselhar livros mais recentes, sugeriria algo como A Sombra do Vento de Carlos Ruiz Zafon, de quem já falei aqui ou a Elegância do Ouriço de Muriel Barbery e, ainda, Leite Derramado de Chico Buarque.

E já que falamos no assunto, por que não Serafim Ponte Grande ou Memórias Sentimentais de João Miramar de Oswald de Andrade.


22:27  Finalizando: Luan a idéia é essa mesmo, São Luis, Fortaleza, Natal, Recife, Aracaju, Salvador, quem sabe Maceió. Estou participando do disco de uma cara do Sergipe, o Rubens Lisboa, você conhece?  

Sara , foi legal aquele show em Campinas e realmente caiu um pé d'água muito forte. No lançamento do novo CD, voltaremos ao estado de São Paulo e, além de Sampa, estão pevistos shows em Campinas e Ribeirão Preto

 Zoé, é claro que conheço a praia das Areias Brancas. Era bem bonito na minha infância e incrível que ali houvesse aquela areia, tão alva como areia litorânea. Passei recentemente por lá, apenas para visitar,  e me pareceu que há menos areia do que antigamente. A prefeitura permitiu que carregassem aquela areia tão linda? Venderam, usaram pra construção ou é impressão minha?

Juliana ainda não tive tempo de assistir aos documentários de que você falou, mas estou muito curioso, principalmente com o do Simonal, que foi um fenômeno e cujos filhos (principalmente o Max de Castro) são meus amigos.

Bárbara, você viveu 17 anos sem conhecer cinema? Incrível sua história. não conheçoMarabá, apenas do filme Bye Bye Brasil do Cacá Diegues. Acho que algumas cenas se passavam por lá, não?

Ligia, Veluma, Hannaly, Belle, Kyana, valeu pela presenca constante. Desculpe se eu esqueço alguém, mas vou fechar a tampa e assistir à Som e Fúria

Dica de Leitura de Última Hora:  A Chama Misteriosa da Rainha Loana, de Humberto Eco



Abraços




16 comentários:

Giselle disse...

Caramba, tô ansiosa para ouvir esse novo trabalho!!Tô me sentimento meio que fazendo parte do processo de produção, com os seus post(risos). Esse "diário" nos dá a sensação de estar acompanhando bem de pertinho.
Uhuuu!!!No topo!!rsrsrs
Bju

Ariadne disse...

POXA, POR MAIS QUE ME ESFORCE NÃO CONSIGO CHEGAR NO TOPO.

MEDALHA DE PRATA DESSA VEZ.

COMO SERÁ
WORK IN PROGRESS, PRETENDO COLABORAR COM ASSUNTOS PARA O POST.
MAS ESTOU MEIO SEM INSPIRAÇÃO.

JÁ SEI.
COMO VOCÊ FAZ PARA COMPOR, É PRECISO SEMPRE INSPIRAÇÃO? E COMO VOCÊ FAZ SE ELA NÃO VEM?

ESTOU SENDO ESTÚPIDA?
SE ESTOU NÃO TENHA PIEDADE.

Hannaly Oliveira disse...

O dia amanheceu lindo no Rio, céu limpo e sol brilhante, porém frio. Dificuldade pra sair das cobertas, ainda mais pro último dia de aula, quando já me sinto de férias.


Como a Giselle disse, a gente se sente parte da produção do filme através de você, mas admito q eu tô doooida pra você terminar logo esses trabalhos paralelos e se dedicar ao teu! Por mais prezerosos que sejam pra você, pra nós, fãs é uma espera sem fim.

Indica um livro pra essas férias, Antônio!

Beijones!

Fernanda Garcia disse...

Mtoo boa essa sensação de saber passo a passo o q vm sendo feito!

E como disse a Hannaly

-->"Eu tô doooida pra você terminar logo esses trabalhos paralelos e se dedicar ao teu! Por mais prezerosos que sejam pra você, pra nós fãs,é uma espera sem fim."

Indica um livro pra essas férias, Antônio!²

[Sem bm que estou acabando de ler 'Muito longe de casa -Memórias de um menino-soldado(Ishmael Beah)'Um ótimo livro de um sobrevivente dos conflitos de Serra Leoa]

BeijO Villeroy!

Veluma Nunes disse...

Também estou me sentindo fazendo parte da produção. É bom ver de perto o trabalho e o prazer que dar, nóis que sempre pegamos tudo pronto , não imaginamos (pelo menos eu)! rs, Indica um livro para as férias ³
Beijos!

Kiana_Nursing disse...

Chegando tarde hj...

Oi Totonho!

Esse post ta bem intimista,vamos acompanhando com detalhes todo processo do seu trabalho em cima da trilha do filme,sensacional!

Mas cmo algumas pessoas disseram acima,aguardamos mto mais vc retornar a dedicar-se ao seu cd,ficamos só com alguns "aperitivos" no site,mas qremos ver mesmo é o "prato principal" hehehe

E indica um livro para as férias³³³

se bem que férias para mim,nao existe huahuahua Só da faculdade mesmo,pq estou sempre dando plantoes xD.

xerãooo de sua fã potiguar

Kiana_Nursing disse...

Totonho,
quase que te pego no pulo rsrs

Vim postar aki,e não tinha o post da tarde,quando termino,vc ja tem postado hehehe

Estou lendo agora e volto já hehe

=]

Kiana_Nursing disse...

Totonho,
Muito bom falar sobre Oswald e sobre o movimento antropofágico,vi isso nos tempos de escola em Literatura hehehe

Essa metáfora de "digerir" o estrangeiro e "regurgitá-la" cmo novo e autêntico não está de todo ultrapassada,no mundo globalizado de hoje,muitas ideias são absorvidas e refeitas de maneira diferente...

Por isso que sempre digo,é vir aqui em seu blog,e nos encher de conhecimentos...


xerãooo de sua fã potiguar

Carol disse...

Adorei isso de acompanhar sua rotina de pertinho.
Eu não imaginava como era criar a trilha sonora de um filme.. tinha a impressão de que dava muito trabalho, e estava certa! hahaha


Adorei as dicas de leitura...
Posso dar uma sugestão?
Quando vc ler um livro MUITO BOM, vc poderia comentar as suas impressões sobre ele! Seria muito legal, já que vc tem muitos conhecimentos q eu, por ter 18 anos e não estar envolvida nesse mundo artístico, não tenho... Gostaria de ler uma obra depois de saber o que vc achou dela.. seria enriquecedor!


Beijos,
Carol.

Hannaly Oliveira disse...

Aliás, Antonio.. por falar em livros, você viu a matéria, sobre o acervo da biblioteca britânica que agora está disponivel na internet? A segunda maior do mundo.. 630 km de prateleiras! Tô aqui tentando descobrir se tem jeito de acessar!

só vim (re)passar a informação mesmo porque lembrei e achei q ia ser interessante vc saber, hahahah

beijo

Kiana_Nursing disse...

Oi Totonho,

Quantas dicas boas!!!
Procurarei por todos!xD
Depois virei dizer o que achei de suas dicas...

Ahhh sonho com o dia que estará com um show aqui na minha cidade...desde o ano passado espero,lembra?rsrs

Pois é,já faz um tempinho que te acompanho,e é cada vez melhor está lendo o que escreves,aprendemos muito!

O que Carol disse,é uma ideia interessante,vc comentar sobre um livro ao qual tenha lido e achado interessante,estimula a curiosidade de ler o mesmo.

E obg vc por nos proporcionar além de muito conhecimento com seus post's,essa sua atenção constante também para conosco...isso faz de vc um artista muito especial!xD



xerão de sua fã potiguar

Cami Rodrigues disse...

Tonho, dá gosto de ver o amor que você coloca no trabalho.
Todo mundo deveria fazer o mesmo....

... A sombra do vento é espetacular. Também recomendo. Pensar em mistério na época da Barcelona franquista de 45... como ele descreve as ruas, os lugares. Sem contar a ironia, ás vezes.
Enfim, cuidado com o fantasma do Carax! ;)

Leiam!

Um abraço Tonho!

sassa cardoso disse...

passo aqui direto, mas só agora tomei coragem pra deixar um comentário! HAHAHA
parabéns Antônio! Adoooro seus post's! Adoreei as dicas de leitura, e por acaso tenho a Sombra e o vento aqui em casa... pode ter certeza que vou pegar pra ler! beeijão!

Veluma Nunes disse...

Totonho, em primeiro lugar obrigado pela citação de meu nome em seu post.
Saiba que fico muito feliz e gratificada com o seu retorno.
A Misteriosa chama da Rainha Loana, deve ser um livro muito bom , pode ter certeza de que vou ler. Já ouvi falar desse livro . Soube que ele dá abrange várias importâncias. Entre elas o Fascimo;(eu sou Historiadora).
Agora fiquei na ansiedade; rs.
Beijoos Totonho e mais uma vez obrigado por nos proporcionar essa maravilha de blog.

Amanda disse...

Sempre te acompanhando!
Bjs

Hannaly Oliveira disse...

Ai, preciso dizer - Meu time perdeu pro seu e eu não tô nada feliz com isso! Hahahahah, tô brava aqui, esse Fluminense não anda valendo nada!

Bem, foi só para deixar clara a minha indignação.

Mas parabens pelo seu Colorado. heheh