sexta-feira, 3 de outubro de 2008

A CÂMERA FLUTUA











Essa semana dei uma pausa nas gravações e com o final da temporada do show Além do Paraíso, tirei a semana pra ficar em família e para fazer alguns programas culturais, aproveitando as excelentes possibilidades que o Rio oferece.

Na segunda estivemos no Teatro Carlos Gomes para rever "7- O Musical" de Charles Moeller e Claudio Botellho com música original de Ed Motta.

No palco, as cantatrizes Alessandra Maestrini, Zezé Motta, Ida Gomes, Rogéria, Eliana Pittman, Alessandra Verney e grande elenco, todos com desempenhos brilhantes.

O cenário, a iluminação e os figurinos são maravilhosos!

No fosso da orquestra apenas cinco músicos, mas que soam como se formassem um grupo de 10 ou 12, graças aos preciosos arranjos da Délia Fischer. Foi uma oportunidade exemplar de comprovar a veracidade de uma frase que ouvi do João Donato quando começamos a trabalhar em parceria há 3 anos atrás. Estávamos às vésperas de gravar o DVD Sinal dos Tempos em Porto Alegre e o João, que faria um arranjo de sua música A Paz (parceria com G Gil) falou que fazer soar um grupo grande de músicos era fácil, mas que obter um bom efeito com um grupo pequeno era tarefa para gente de muito talento. E foi isso que a Délia obteve, valorizando as lindas músicas, ricas em harmonias e melodias sinuosas que o Ed Motta compôs sobre as letras do espetáculo.

Aliás isso me fez lembrar de uma crítica que a Barbara Heliodora escreveu no jornal O Globo sobre essa peça, onde referia-se às canções de Ed como alheias ao universo de um musical, por serem sombrias demais, ou algo assim. Na verdade as canções inserem-se num universo cujas referências estão próximas de Jobim, Cole Porter, Edu Lobo, Henri Mancini e até mesmo Ennio Morricone e Nino Rota em algumas passagens. Quer dizer, as melhores referências possíveis. Por isso discordo diametralmente do ponto de vista da sra. Heliodora, o que seguidamente acontece, não só quando ela senta o pau em peças que me agradam, como também, quando recomenda como como boas, encenações banais e corriqueiras. Estou feliz que o Sérgio Brito voltará a escrever críticas de teatro no Globo, pois esse é um artista que além de conhecer o teatro por dentro e por fora é também um grande apreciador de música e com isso poderemos ter mais uma opinião de peso num jornal tão importante.

Voltando à segunda passsada, esse dia foi aniversário da atriz Ida Gomes que, celebrando suas 85 primaveras em cena, estava felicíssima e proporcionou, depois do espetáculo, uma festinha com cachorro quente, pipoca e algodão doce, no foyer do teatro. Encontrei o Ed a quem parabenizei não só pelo trabalho que acabara de ouvir, mas também pelo seu excelente disco novo, onde ele toca todos intrumentos com propriedade.


O espetáculo 7 está no Teatro Carlos Gomes e para atiçar ainda mais a vossa curiosidade, segue abaixo um link com trailer do musical.
http://www.axion.com.br/seteomusical

Na quarta, Gabriela voltou de São Paulo e fomos juntos assistir à estréia do filme Feliz Natal de Selton Mello no Cine Palácio dentro da programação do Festival do Rio.
Filme denso e corajoso de roteiro muito bem amarrado com excelentes diálogos que soam com impressionante naturalidade. O time de atores é muito bom e pode-se inferir de seus desempenhos a batuta do diretor, pois, de certa forma, há nas atuações, em seus ritmos, um parentesco com a assinatura do Selton ator. Darlene Glória está impagável! A câmera, nervosa, nos coloca dentro da cena, com muitos planos fechados, segundo o diretor, uma referência ao cinema de John Cassavettes. Senti também uma proximidade com o universo de David Linch pelas elipses e composição vertiginosa de algumas cenas. Recomendo e, pelo que ouvi falar, é um dos fortes candidatos às premiações da mostra competitiva do festival.

Ontem fomos na sessão de autógrafos da escritora Martha Medeiros na Livraria da Travessa do Shopping Leblon. Pra quem não conhece, a Martha é cronista dos jornais O Globo (Rio) e Zero Hora (de Porto Alegre) e já tem 16 livros lançados, incluindo esse mais recente, Doidas e Santas, em cuja página de rosto recebi sua amável dedicatória. A Martha também é blogueira e dá dicas de livros e filmes na sua quase diária publicação da web:

http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&pg=1&template=3948.dwt&tp=&section=Blogs&blog=255&tipo=1&coldir=1&topo=3994.dwt

Pra quem quiser saber mais a respeito de Martha, há bastante informações no Google, Wikipedia, etc

Hoje à noite iremos assistir ao show de Jussara Silveira com José Miguel Wisnick e Arthur Nestrovski na Sala Cecília Meireles. Depois eu conto.

Percebi dos queridos leitores uma participação menor no último post, que deduzi ser em função do conteúdo político do que escrevi. Mas também houve algumas manifestações interessantes de pessoas que estão ligadas no assunto.

Algumas pessoas têm vindo com freqüência, Kiana, Marco Aurélio (obrigado pela recomendação em seu blog Matungão), Camilinha, Hannaly, Fabiana, Anna Luna, Isabelle (que tem enviado fotos), Kate Ramalho, Patricia Andrezza (que com um barrigão de quase 9 meses deu-me a honra de festejar seu aniversário no show da semana passada), Sebastian, Monikete, Paula Estrela (que também curte minha conterrânea Lya Luft e comentou a letra de A Prima do Ciúme, que está disponível em Obra Aberta). Também fiquei feliz de receber notícias da Cacol, que estava sumida. Quem trafega pelo universo da Ana Carolina deve conhecer a Cacol dos tempos em que ela capitaneava o fã clube Papel Fuleiro. Uma tarefa complicada, visto a energia que devia pesar sobre ela. Que bom que ela está bem. Aguardo uma visita num próximo show.

Enfim, desculpe se esqueço alguém que tem vindo passear pela Câmera, mas o que eu queria dizer é que essa freqüência é que justifica e enriquece a existência desse blog. Quem estiver navegando mais pelo site conte suas impressões. Alguém já ouviu a nova versão eletrônica de Istancov em Obra Aberta? Foi feita por Rodrigo Campello (que produziu o último disco de Roberta Sá) e Junior Tostói (que toca com Lenine e foi co-produtor do último disco do meu amigo pernambucano, o excelente Labiata).

Gostaria de saber a opinião de vocês.
Ainda não postei Ouro e Além do Paraíso, pois essas músicas devem ficar inéditas na rede por enquanto.

O mesmo acontece com as músicas que estou produzindo junto com Don Grusin para o disco que sai em março. Entre essas canções está El Guión, que foi um dos hits da temporada do Espaço Laranja.

Por hoje é só.
Bom fim de semana a todos.
Abraços

Fotos: cartaz de "7 - O Musical" , 2 fotos do filme Feliz Natal (Leonardo Medeiros e Darlene Glória) e Martha Medeiros comigo no seu lançamento ontem na Livraria da Travessa.

26 comentários:

Patricia Andreza disse...

Você é um fofo...
A honra de estar em show seu é sempre minha...
Bernardo deve nascer nos róximos dias...
Ler seu blog, é adquirir cultura.
Bjs e ótimo fim de semana.

Paula Estrela disse...

Como diria minha irmã que mora no Paraná ... vc é mesmo um "querido" (só escuto essa expressão por lá, mas acho que é bem carinhosa.)
Eu já diria que você é tudo de bom mesmo!!!...risos.

Em relação a Istancov, digamos que eu tive um pequeno problema com a versão remix.
Digo isso, porque EU - ex bailarina clássica - após minha aposentadoria (e para horror dos meus mestres e professores), resolvi gastar meus anos de balé na salsa e no samba de gafieira.
Aí que tá ... meu ouvido pra samba é surdo, escuto com as pernas e os pés ...KKKKK.
Quando ouvi Istancov, achei a letra divertidíssima, fora que AUTOMATICAMENTE ela foi coreografada na minha cabeça.
Porém, a versão eletrônica não me conquistou! To me sentindo uma monstra agora ..aiiiii, mas vc perguntou ...
Tbém não sou a mais abalizada pra falar de música, né? Liga não, Opinião de uma ex bailarina balzaquiana ...KKKK.

Beijosssssss e bom fds!

ana carolina cardoso disse...

Ola Antonio!
Eu vi uma entrevista no programa do Jô sobre a peça "7" e fiquei louca pra assistir.
mas morando em Recife fica complicado,rsrs.

E o seu blog como sempre, Maravilhoso!
É muito bom vir aqui,parece que estamos batendo um papo.rsrs
beijos!
te espero em Recife!

Hannaly O. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beatriz Ribeiro disse...

Antonio

que linda descoberta fiz hoje conhecendo o seu blog. Adorei os temas e a forma como você escreve. Já conhecia suas canções mas não sabia desse seu lado blogeiro. É muito consistente e acrescenta informações valiosas. Você tem planos de vir a Campinas?

Beijo enorme dessa paulistana que te adora
Bia
PS você é um gato!

Ana disse...

Eu gostei do post anterior, não sabia que Gabeira se candidatava a prefeito do Rio de Janeiro... Confesso que desde que li '1968' me interessei bastante sobre ele, cheugie até pesquisar sobre sua vida e pretendo ler seu livro... Acho que alguém com experiencia de vida como ele, contribuirá bastante para a cidade!
No entanto, não postei porque moorro de preguiça de logar aqui... Tão trabalhoso! Rs...

Vendo você falar das tuas idas ao teatro e de toda essa vida cultural que grandes cidades têm, sinto uma grande falta disso aqui em Florianópolis... Raramente há peças boas e, quando há, o preço é absurdo! Isso sem contar, é claro, que LOTA! Se você quer comprar dois dias antes, tem que pagar o dobro de cambistas! O mesmo acontece em shows... Recentemente teve show da Ana Carolina aqui, o ingresso chegava a 250 reais, e o mais barato 90... Láááááá longe! Lotou! (também, né? Depois de 5/7 anos que ela não vinha aqui!)
Acho que a população sente falta de cultura, de boas peças, shows...

Bom, acho que esse comentário compensou a falta do anterior! Rsss!

Só pra constar: Esse blog é muito bom, nos aproxima... !

Kate Ramalho disse...

Huummm!!! lembrou de mim é?
Ainda bem, porque eu já estava ficando chateada.
Brincadeira.

Adoro vir aqui. Sempre aprendo coisas novas.
Acho que esse musical que você falou deve estar ótimo. A Maestrini é sensacional. Aqui em Curitiba, como você deve imaginar ela é um sucesso absoluto. Também pudera, com aquele sotaque de Pato Branco.

E a Rogéria que você fala é aquela trans?
Se for, deve ser hilária no palco.

Já li o Trem Bala da Marta Medeiros. É muito bom.

Beijos enormes de Curitiba
kate

Anna Luna disse...

Antonio

seu blog cada dia melhor. Flutuei junto com sua Camêra. Já vi o sete no Teatro João Caetano em outra temporada. REalmente é mágico, tem uma atsmosfera que lembra em parte os desenhos da Disney, mas também filmes franceses de estética noir. Adorei o que você falou sobre a Bárbara Heliodora, pois acho que às vezes ela é muito injusta. Sei que ela é uma autoridade em Shakespeare, meus amigos teatreiros falam isso e tremem quando ela vai assistir às pecas. e alguns deles já ficaram "deprê" com suas críticas. Acho que dão importância demais ao que ela escreve. Não sabia que o Sergio Brito ia escrever no jornal. Que bom, assim pode haver um contrabalanço.

Ouvi falarem bem e mal do filme do Selton Mello. Os detratores dizem que é sufocante, pessimista. Os que gostaram, gostaram pelas mesmas razões, que o filme não faz concessões a bons sentimentos.
Deve ser punk! Quando entrar em cartaz eu confiro.

Quanto a Martha, leio sempre na revista de domingo do Globo. São leves e conscientes. Muito boas de ler!

Não sabia que vocês se conheciam, mas é óbvio ela também é gaúcha, não?

Bom findis e bom dever cívico no domingo.
Também vou de Verde!

Bjs

Anônimo disse...

você insiste em me ignorar

Claudinha disse...

Seu blog está o máximo!
Adorei tudo!Queria saber maisde sua intimidade, os aores ...
fala aí ...

claudinha disse...

falhou a letra
queria saber dos amores ...

Kiana_Nursing disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kiana_Nursing disse...

Oi Totonho!!!!
Owww mto obg por citar meu nome aki no blog,q honra!!!! =]

Seus post's nos acrescenta mto,e cada vez que aki venho,encontro pensamentos seus tão bons e que tb nos aproxima de seu "mundo" de uma forma mto intimista,cmo alguem aki já comentou,parece q estamos batendo um "papo" com vc,enquanto lemos suas linhas...Esse contato artista/fã,nos faz admirá-lo cada vez mais,pois vc cmo formador de opiniões através de sua música,nos traz através de seu blog coisas que vão ainda mais além,nos proporciona interagir com vc...

Gostaria muito de saber de vc,se tens previsão de um showzinho seu aki pelas "bandinhas" do nordeste?

Tenho mtaaaaaaaa vontade de ir em um show seu...vi seu Dvd Sinal dos Tempos,e nao consigo parar de vê-lo hihi por isso,qndo tiver alguma previsão nao esquece de suas fãs aki viu?rsrs qndo soube das noites de quinta ai no Rio,pode ter certeza,me bateu uma invejinha dos cariocas =]
E mais uma vez,parabéns pelo Blog,sempre qndo aki venho,adquiro um pouco mais de cultura,de conhecimento...e melhor ainda,de admiração pela sua pessoa!!!

xero =*

Sabrina disse...

Delicinha iso tudo, chegar de madrugada e ter com quem conversar. Ei! tem alguém aí>

Thabata Levy disse...

Tem gente loca por aí. É até saudável.
O blog está cada vez melhor.
Beijoks
Tha

Fabiana. disse...

O universo dos teatros, música e livros ficaram mais distantes desde que saí do meu último emprego (ex-loja de cd e instrumentos no shopping leblon) que fora ali que aprendi não só a música em si mas muitas coisas com as quais não tinha convivido e que os próprios clientes, alguns famosos, me explicavam.

É raríssimo sair de noite. Lembro que só tinha um colega que me levava a lugares assim como você vai, até mesmo durante a madrugada. Hoje não o vejo mais e hoje durmo até mais cedo.

Em suma, o universo jurídico tem me colocado dentro de uma 'bolha' que por enquanto fica difícil apreciar outras coisas - ou até mesmo por estar desanimada, talvez seja a questão interior - lendo jornais e a internet me trazem essas maravilhosas opções as quais realmente devia voltar a apreciar nas horas vagas. Só mesmo essa brisa boa da manhã com o mar - e todo dia um barulho de pingue-pongue nas areias pra dar um relax sem sair de casa.
Sem me estender mais senão eu que faço um blog aqui, lembranças Antonio.

Fabiana. disse...

Ah, Instancov foi uma das primeiras que escutei no site, há um tempão já - um primor de música que adorei logo de primeira.

Marco Aurélio Ribeiro disse...

Grande Totonho,

Existem vícios bons e ruins. Filho de pianista, fiquei viciado em música (bom). Outro vício meu: jornalismo esportivo (em fevereiro, completo 30 anos em O Globo). Mais um: locução (narrar corrida de cavalos é fogo). Para não cansar, preciso confessar o mais novo vício que adquiri: tua música. E foi genético, pois meu filho parece estar inda mais viciado em ti. A namorada só escuta...Tanto tempo esperando este amor...

Forte abraço

Marco Aurélio

Paula Estrela disse...

Antônio,

Agora serei odiada FOREVER ...rs.

Escrevi uma longa história pra explicar porque não tinha gostado de ISTANCOV na versão remix ....blá, blá, blá. Aí ouvi mais umas três vezes (minha chatice é insuportável).

Mas resumindo é, com todo respeito aos excelentes músicos: ISTANCOV perdeu a bossa do samba , virou uma batida de hip hop e pagode ...KKKKK. Meio dolorido no ouvido ...

Bom, agora consegui ser a mais CHATA ...KKKKKKKKK.

Mas continuo te adorando e suas músicas.

Bjos!!!

P.s: Também amo o Gabeira, mas estou em outro Estado, atualmente.

Hannaly O. disse...

Não curto muito musicais,mas sou fã da Maestrini e da Zezé, são maravilhosas. Pelo trailer e pelo elenco imagino ser um espetáculo e tanto.

Ainda não ouvi Istancov, mas asism que io fizer, deixo aqui minha leiga opinião. rs

Falando em Universo da Ana Carolina será que lhe encontro nos shows no Rio? Em Abril te vi no Canecão mas fiquei com uma baita vergonha de falar, preferi só olhar, e estávamos muito próximos - rs.

Jamais imaginei estar tão 'próxima' de seu universo, Antonio. Quero te re-parabenizar e te agradecer pelo blog!

beijãozão, man :*

Fernanda Garcia disse...

Bah,é mto bom ler o que tu postas aqui...São mtas informações legais...Pena que eu não posso "visitar" tds os dias por causa do teatro(curso),mas sempre quando posso venho dar uma olhada...

*Falando em Martha Medeiros..."A escrita é sensível, forte, madura, livre, solta e segura" - Fernando Eichenberg, jornalista.!

Eu li o livro dela-Tudo que Eu Queria te Dizer- E adorei!

Bjos Tonho...

Juliana disse...

Oi Totonho!
Adoro ler seu blog!
Sobre o Istancov,como eu amo samba,eu gostei mais da outra,falando em samba vai ter um especial do Cartola no Canal Brasil,sábado dia 11/10 ás 18h,imperdível.Voltando ao assunto eu adoro Istancovi,acho a música bem divertida,acho que você deveria arriscar mais no samba,eu iria adorar,rs.
Eu não comentei sobre a postagem anterior,porque estou muito triste nessas eleições, o Pimentel está deixando a prefeitura,e nenhum candidato está me convencendo.Acho que aqui em BH todo mundo está um pouco desconfiado.Tomara que a gente faça a escolha certa.
Totonho,eu estou pra te falar uma coisa a um tempão(kkk),você conhece o Vander Lee?Ele é um sucesso aqui,um compositor maravilhoso,e toda vez que escuto eu lembro de você,não sei se é por causa da poesia sofisticada e ao mesmo tempo simples e a linguagem urbana e contemporânea.O cd dele é ótimo,chama Naquele Verbo Agora.Vocês dois são os meus compositores preferidos,falam o que a gente quer ouvir.
Vou ficar aqui esperando ansiosa pra ouvir as novas canções.
Beijo querido!

Camilinha Ribeiro disse...

Tonho(olha a intimidade kkk)
Adorei que citou meu nome em seu blg, sabe amo vir aqui, e espero um dia t conheçer pessoalmente e falar, Totonho, lembra d mim, Camila de Curitiba do blog kkk bjus te adorooo

Isabelle disse...

Oi Totonho!!!
Obrigada pela lembrança no post, estou honrada!!!!! Pode ter certeza que sempre que puder estarei com a minha câmera registrando todos os momentos!!! Estou aguardando ansiosamente o proximo show por aqui!! Não quero ser egoísta...mas não abandone os cariocas que te amam tanto!! rs...
As proximas fotos do meu Flickr serão, se tudo der certo, do show da Ana no domingo!!!! Meu presente de dia das crianças...apesar de já estar velhinha pra isso...eu me dei de presente!!!
Beijosss!! Adoro vc!
Isabelle.

Thuysa Guerra disse...

Olá Antônio!
Ler o seu Blog faz parte da minha leitura semanal. Adorei "Reflexões em um Dia de Chuva"(acho que é mais ou menos esse o título), deparei-me com algo sobre a Revolução Francesa justamente aqui... é muito enriquecedor!! Vc escreve divinamente. Adoro esse Blog! Gosto muito do seu trabalho aqui, e concordando com a Kiana (que por sinal somos amigas), quando vc virá a Natal/RN? Ficamos só no "youtube", com a Isabelle nos salvando sempre..rsrsrs. E vc nada de vir pelo Nordeste..
Um grande abraço e uma ótima semana.

Thuysa Guerra disse...

Como eu disse anteriormente, seu blog para mim é cultura!!
Não sei se vc conhece ou já ouviu falar no Coquista "Chico Antônio"?!
Dê uma lida..
(http://thuysaguerra.blogspot.com/)

Aqui em Natal, poucos sabem quem ele é.. O mesmo aconteceu com a Isabella Taviani que chegou aqui (onde tem raízes), e passou despercebida.. É incrível, como em alguns casos a população não valoriza o que é nosso!! O mesmo acontece com a Marina Elali (aqui ela faz sucesso entre as crianças)..

No ano em que entrei na Universidade, Chico Antônio estava sendo homenageado pela mesma, quase nenhum aluno o conhecia..

Por esse mesmo motivo, grandes cantores e compositores não vêem a Natal, todavia, os mesmos possuem um público seleto e recatado na cidade. Assim, ficamos eu e Kiana aqui a nos divertir com Antônio Villeroy pelo Youtube.
Santa Isabelle!!!! rsrsrs
Bjos Tonho!