segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Fotos, Relatos e Rabiscos











Seg 11/01/10
6:16

Faz um certo tempo que não durmo mais do que 5 horas por dia. Dizem que o correto são 8 horas. Não fico esse tempo todo dormindo desde o começo dos anos 90, quando passei a dormir 6 horas diárias. Hoje, um pouco antes do sol nascer, as cigarras começam seu trinado, logo ouço um sabiá, depois os bentevis e outros pássaros. Uma casal de sanhaços sempre passeia pela minha sacada, a luz adentra pelas frestas no quarto. Às vezes, quando a noite anterior foi de lua, deixo a porta da sacada sem cortina e a luminosidade chega mais intensa. Essa é minha hora preferida de escrever poemas, quando acordo, porque ainda não estou contaminado pelas coisas do dia a dia, ainda estou mais próximo do inconsciente e as forças da natureza atuam em mim de forma mais intensa. Por isso tenho escrito tantos poemas que parecem naturalistas, ou melhor, assemelham-se a naturezas vivas. 



Outro dia Ana Carolina falou que minha maneira de escrever poemas era clásica, que sendo eu um cara tão urbano, cosmopolita, vivedor das coisas da cidade,  que era surpreendente como  eu tratava a palavra, os ritmos e as rimas desse jeito tão lapidar. Esperava que eu fosse mais visceral, mais beatnic, mais pro lado de Ginsberg escrevendo. É fato que já fui assim, na época em que fiz canções como Tô Saindo e Ela é Bamba por exemplo. Nessa fase os poucos poemas que escrevi eram mais carregados de fumaça e com estilo mais corrido, mais prosaico.





Hoje, busco em mim uma inocência perdida, perscruto as manhãs de minha infância, o jardim de minha avó, tão bem cuidado, em São Gabriel, a pureza do azul daquele céu pampeano, as estações bem definidas. Mas não sou saudosista, faço isso atualizando, valendo-me do belo que há em abundância na cidade do Rio de Janeiro, minha principal musa atualmente.

Além dos movimentos do sol e da lua, da cinematografia de São Sebastião, o diretor invisível, que, além de ocupar-se da iluminação e do cenário, muitas vezes parece conduzir minha biocicleta pela paisagem, outras coisas me tocam. São imagens, cheiros, pessoas, notícias, alguém que de longe liga, um passarinho diferente na janela, o movimento das nuvens, essas coisas que bolem a alma, além de uma solitude voluntária que me propicia silêncio suficiente para o olhar interno.




Sempre fiz mais música do que poemas. É pegar no violão e uma nova melodia nasce. E já fui muito grudado com o violão. Hoje faço isso no piano, mas nem sempre gravo, deixo aquela pequena composição naquele tempo e não volto mais a ela. Atualmente estou viciado em escrever. Uma parte do que escrevo publico aqui no Blog e no Facebook, além de frases rápidas no Twitter. Essa resposta imediata que esses meios de comunicação proporcionam são também outra fonte de inspiração. As reações dos leitores são matéria prima de primeira, são reações-musa.  






Tenho lembrado de Lewis Carroll com frequência, por várias razões. Por seguidamente acessar um livro de Deleuze a seu respeito, pelos poemas misturando línguas que me arrisco a fazer o que levou a lembrar-me do Finnegans Wake de Joyce, onde se encontram palavras-valise (palavras portmanteau, como diria Carroll, que delas se servia já na era vitoriana) e por lembrar do coelho de Alice,  pelo que ele me passa de fugidio e transitório, como o tempo, algo que parece constantemente escapar-me entre os dedos.  

O dia passa muito rápido, mal sento-me pra escrever e já está na hora de ir pro estúdio. Se me descuido das horas, não pedalo e não faço yoga, coisas essenciais pra mim hoje em dia.  Por isso durmo menos. 

Na sua busca pelo coelho Alice chega até o Chapeleiro Louco que brigou com o tempo e o fez parar.  Na mesa do Chapeleiro é sempre hora do chá. Enquanto isso o coelho continua correndo pra atender às ordens da Rainha de Copas, que representa a fixidez e a rígida moral vitoriana. 

Aqui estou eu então, brigando com o tempo e procurando escapar de toda rigidez sem tornar-me louco e nem esperar que o ponteiro do relógio estacione. A poesia me embala.


                    Fernando Prado, engenheiro de som  ao  fundo equipe de PH


Segunda passada comecei as gravações de meu novo disco. Chamei Torquato Mariano pra produzir comigo, o que é excelente, pois ele tem ótima metodologia, além de idéias e soluções criativas. O disco está começando a ficar muito bom. Geralmente produzo meus discos sozinho, no Sinal dos Tempos tive a co-produção de Gastão Villeroy, que também me ajudou muito, como sempre ajuda. Obrigado chefia.  É  bom ter alguém pra partilhar as decisões e para dirigir os músicos, pois embora eu tenha bem claro o resultado que quero, também gosto de ser surpreendido com coisas que não havia pensado.




                                              Torquato Mariano

Às vezes que produzi sozinho sempre tinha mais tempo, ia fazendo o disco, ouvindo e decidindo. Levava meses. Mas esse de agora a Biscoito Fino me deu um prazo o que implicou num trabalho mais dinâmico, o que requer uma equipe boa e coesa.

Tenho algumas gravações que já havia feito no final de 2008 e comecinho de 2009.
Dessas gravações estou guardando algumas baterias do Lincoln Cheib, baixos do Gastão, acordeões do Alessandro Kramer "Bebê" , um piano do Rafel Vernet e um violino solo do Nicolas Krassik.

Mas a sonoridade anterior estava muito pop e resolvi tomar outra direção, mais acústica, com a formação que pretendo me apresentar a partir do lançamento em março, tendo como base os meus violões mais baixo acústico e percuteria e sempre com algum instrumento harmônico ou melódico como convidado.

Sobre essas bases Monico Aguilera (que arranjou várias de Sinal dos Tempos) está escrevendo para cordas e Edu Neves para sopros (mais na direção de sons de madeira do que metais).

Muitas músicas inéditas e também a regravação de Felicidade do Lupicínio com outra harmonização que fiz e tocada sobre tambores africanos, que fazem lembrar a Cidade Baixa do Lupi.


                                 Sérgio Brandão, Jorge B Jr, Torquato, Antonio

Para formar essa base, chamei pra percussão o Jorge Bezerra Jr, que mora em Paris e tocou comigo lá no começo de 2009, e para o baixo acústico Sérgio Brandão que mora em NY e está voltando a viver no Rio e passará a integrar o trio que fará a tournê comigo junto com Joca Perpignan.

Algumas pessoas perguntam por que chamei um outro baixista tendo já um excelente na família e que inclusive é a pessoa que melhor conhece meu trabalho. O fato é que, além de estar buscando outra sonoridade,  Gastão toca direto com Milton Nascimento e Maria Gadú e já precisa se equilibrar pra atender um e outro, o que lhe faz colocar substitutos em um dos trabalhos toda vez que há uma coincidência de datas. Na época do lançamento de Sinal dos Tempos eu já penei, pois além do Gastão,  outro músico que tocava comigo, Lincoln Cheib, também era da banda de Milton. Enfim ...

Além do trio de base e das cordas e sopros, vão rolar violões extras de Daniel Santiago, pianos de David Feldman, sax e flauta do Edu Neves e harmônica do Gabriel Grossi.



                                          Sergio Brandão e França

Como técnico o Fernando Prado e Gustavo da Biscoito de auxiliar.
França, grande figura da lage do Morro da Babilônia fazendo aquela roudagem especial.

A equipe do PH, de Floripa, está fazendo o making off de vídeo a pedido de Kaká Schetmann que cuida do agenciamento de uma parte de minhas atividades junto com Raphaella Barcalla (Conteúdo), Simone Appel (exterior) e Pedro Villeroy (direitos autorais). O Roberto fazendo as fotos de estúdio e a Branca Escobar a criação gráfica.
Completando o time Ana Paula  assume a produção executiva e Mary Debs a assessoria de imprensa.


E sob as bençãos de toda boa energia que houver ficamos na Biscoito Fino  até 31 de janeiro. O lançamendo do disco deverá rolar na segunda quinzena de março.

E agora deixo vocês com imagens e poemas que fiz nas últimas semanas.
Beijones e abraçones.









Ode a Oxum

Assim que o dia refletia
na espelhada água
em seu gesto habitual
ela se mirava

filha de Oxum que era
natural que se fitasse
pra ficar mais bela

dentes brancos como a espuma
onde a língua se aninhava
num trejeito seu
tudo era atraente no que Deus lhe deu

tudo de rainha
em seu gracioso andado

pés em curva
braços leves
mãos aladas

nem a lua que ilumina o céu
sabe o quanto ela é amada












O anjo a rosa e o vento

Quem merece a rosa
do seu nome

e mais que o nome
o ser concreto
e tão vibrante
com seu belo e seu perfume
toda espinho
e inconstante

e os anjos
que aqui passeiam
vendo tudo se criar

ventre livre
das ideias
onde brotam
e se misturam
como em sonho edulcorado

o anjo
a rosa
o azul
e o céu rosado

como sustentar essa leveza

o véu
a pluma
o alento

e a sã delicadeza
que oscilando
quer deixar-se ao vento

como levitar
enquanto o mundo pesa
em concretude
e incerteza

como soerguelo
de seu fundo
ir buscá-lo
num segundo

asas
força
prumo
ligeireza

só amor
consegue essa proeza









Eyes of lightness

la lumière que plonge du ciel,
n'es fait plus que paindre mes yeux

a lagoa que ao longe reluz
fui eu que pintei pra você.

vorrei vedere più de la luna,
che adesso me guarda lontana

y bien más que los simples recuerdos
que me haces dejar por mañana.






Granito 

pesa
e respira
em contorno claro
que palpita
a escura rocha
que reparte em dois
o seu destino

ver-se ao longe e desejada
onde o sol se esconde
em fim de tarde

fora em priscas eras
monolito
a expressar
os filhos do fenício rei

dois irmãos 

antes disso e de as línguas
se tornarem incompreensíveis
e que fosse o sexo divido em dois

não houvera bússula
por não ser preciso

era de
andróginos perfeitos
tudo resfolgava em paraíso

foi-se a luz fazendo curva
a encontrar-se nela mesma
pra dizer que tudo era incerteza

tudo convergindo
em gravidade

rogo
abre-te sésamo
pra que a pedra
perca essa dureza

nesse agora
férreo tempo
que vislumbra  o horizonte
como coisa inacabada
há que ater-se
para dentro
onde reina o ser sereno

e saber-se
como eterno
nem tão grande nem pequeno
simplesmente o ser completo
 




(work in progress ...)















Sebastião, continue pintando, você tem talento pra coisa.


41 comentários:

A PRÓPRIA disse...

A madrugada realmente nos inspira… Parece que a transição noite-dia, a expectativa da natureza pelo alvorecer, tudo concorre para favorecer a criatividade naqueles como você que se colocam em harmonia com o cosmo. O seu blogue está lindo, leve e inspirado(r).
Um beijo de quem muito te admira...

Daniela Sampaio disse...

O dia se faz alegre; um pouco mais de Villeroy.

Lerei...

Hannaly Oliveira disse...

Lindos poemas.. eu poderia ficar horas e horas aqui te lendo!

Bacana ver o processo do cd novo. Dá maior ansiedade!

Aliás, voce sabe dizer se dá pra encontrar seus cds antigos em algum lugar?

beijones ;*

Veluma Nunes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Veluma Nunes disse...

"É o mar, é o mar Fé-fé xo-ro-dô!
Xangô andava em guerra
Vencia toda terra
Tinha ao seu lado Iansã pra lhe ajudar.
Oxum era a rainha
Na mão direita tinha
O Seu espelho onde vivia a se mirar." ( Vinicius de Moraes)

Salve Oxum, que junto com Oyá e Xangô reinam sobre mim.

São Sebastião tem dado shows a cada segundo que se passa! é ímpossível olhar a cidade e não reparar suas belezas! A beleza do nosso Rio de Janeiro é maior do que qualquer coisa que possam falar, pintar, retratar, ou até mesmo cantar sobre ele. pena que nem todo mundo possua a essência de entede-lo!

O poema está lindo, ao meu ver ele mistura um pouco de admiração pela Santa, com o amor sentido por uma filha dela. Parabéns Antõnio, você entende e sabe fazer as pessoas entenderem as curvas de São Sebastião.

Sobre o CD eu nem falo mais nada! Ansiedade define tudo! Só aguardando pra me deliciar com a obra. Boa sorte e sucesso!

Axé e beijoos a todos.
Saudadees!

Tainara Cláudia disse...

Oi, Totonho!!
Oi, pessoal do blog.

Post maravilhoso como sempre!!

Estarei aguardando pelo seu novo disco, só pelo processo que vc descreveu, vai ficar lindo e muito bem produzido.

Lindos os poemas!!

Bem depois eu volto pra falar mais um pouco!!

Beijones e abraçones a todos.

Emilia Carolina disse...

"nem a lua que ilumina o céu
sabe o quanto ela é amada"

Quanta inspiração em uma pessoa só! Amos suas poesias...

Tô adorando as novidades sobre o CD novo, tô ficando ansiosa pra ir no seu show, rs.

Almir Soares disse...

Adorei os poemas , com certeza este disco será um Sucesso como o outro. As sua letras me encantam. que vc tenha muita lUZ em 2010

Tainara Cláudia disse...

Ah, Totonho quando vc começou a falar sobre os órixas, procurei algumas coisas pela internet pq ainda não tinha estudado ou lido algumas coisa a respeito.

Encontrei um site que descobria o seu órixa de cabeça por um programa de acordo com o dia do seu nascimento.
O meu deu que eu sou filha de Ogum. Sei que ainda tem outros dois órixas que auxiliam, mais isso só se sabe quando se faz um jogo de búzios.

Bem, vou ficando por aqui.
Beijones!!

Danielle disse...

Muito legal da sua parte dividir com agente todo esse processo de preparação do CD..Por isso que és tão especial..por todo esse cuidado de nos deixar à par de tudo..rs..Só que a ansiedade aperta...
.
Nem preciso falar que os poemas são lindos né??Tenho lido muita coisa esses dias, e me interessado ainda mais por poemas..tô até me arriscando a escrevê-los...e concordo contigo quando dizes que é viciante...tudo vc quer registrar..uma chuva mais fina....um céu nublado...uma folha que cai da árvore..rs..coisas simples mas que a gente passa a enxergar de outra maneira...
.
É isso...Beijones a todos..pra vc em especial..
Muita luz e muita inpiração!♥

André Luiz disse...

Meu horários são doidos... Mas quase sempre acordo cedo com uma música pronta na cabeça! Se vou dormir novamente, a música não volta mais! Então ataco o violão assim que acordo!
Não costumo passar mais que 4 horas dormindo.

Parabéns pelo blog e pelas poesias lindas e simples...

Karin disse...

A sua descrição da sua inspiração é linda e sensível.As sutilezas da vida que infelizmente muitos não percebem,"gritam" nos seus relatos e impressões! Já te disse que adoro sua perspectiva nas fotos das suas "andanças".Sutileza que faz toda a diferença! Li toda a sua atualização,seus poemas, e vi as fotos mais uma vez.É muito legal esta sua troca,que nos permite "participar" de momentos tão importantes para você,em sua vida e trabalho. Que nunca lhe falte sensibilidade e inspiração, amor e sucesso,alegria e cumplicidade... Feliz 2010!!!

Bárbara disse...

Olá pessoal...

Adoro poemas, não sei se já havia comentado aqui, mas meu avô foi um poeta. Escreveu alguns poemas...
Dizem que minha família tinha tudo para seguir o caminho artístico...rs, alguns desenham, outros tocam violão, meu avô foi um grande autodidata, além de aprender a tocar vilão sozinho ele também construiu alguns.

Você descreve a cidade do Rio de Janeiro neste calor com tanta perfeição que os próprios cariocas não são capazes de tamanha criatividade. O sol reluz sobre as mais belas montanhas, a cor do céu é colírio para os olhos, se não morasse aqui não entenderia essa sensação.

É Antônio, você pode continuar a fazer poemas sempre que uma idéia surgir, por que os que estão postado são maravilhosos, e suas músicas então, nem me fale, cada dia descubro uma e a curto por um periódo longo e delicioso.

Não entendo muito de Órixa, aliás fiz uma pergunta recentemente para uma pessoa que entede, sobre Iansã, afinal diz uma tia minha que Iansã é meu órixa de cabeça, e como Tainara havia dito logo acima, disseram-me também que é necessário um jogo de Búzios, enfim fico neste assunto um tanto perdida, mas bastante interessada, já que sou completamente interessada em assuntos relacionados a crenças, quaisquer que seja.

Totonho, sempre que leio novo post seu me encanto ainda mais, apesar deste está bastante enriquecido eu acredito que tenha me encantado mesmo pelo anterior, ainda o leio de vez em quando,então desta vez não poderei dizer que este está ainda melhor que o anterior, pois o O ETERNO CULPIDO foi pra mim um dos melhores que já li...

BeijoNES* a todos vocês e fiquem todos na paz...

Luana disse...

Seus poemas dizem sempre o q eu gostaria de ler, de ouvir! Obrigada por tanta maravilha! Seu relógio biológico é mto parecido com o meu! Amo a madruga, o amanhecer! Não vejo a hora de março chegar!!! Beijão, Libanesa.

Tainara Cláudia disse...

Oi, Totonho!
Oi, galera do blog!!

Tudo bem?

Totonho adorei o poema Granito, ficou bem profundo, vc consegui juntar a beleza da Pedra da Gávea, com toda a história que nela se finda.

Beijones a todos!!

Enterrem o meu coração disse...

Antônio, eu amo fotografia,principalmente de nascer e por do sol. As suas fotos são lindas! A natureza ajuda, mas o olho que consegue capturar o momeno exato de clicar também conta, e muito! Amo poesia, também, principalmente as do Mário Quintana, e parece que vi um pouquinho dele nas suas, podem ser alguns termos que vc usou ali e que são características do povo do Sul, sei lá. Gostei, muito! Espero que possamos vê-lo em algum show aqui em SP, em breve, e com mais músicas SUAS (rs). Beijos e uma excelente semana...

Antonio Villeroy disse...

Olá gentes. Como quase todo dia acontece, acordei hoje ao nascer do sol. Basta o astro rei aparecer no horizonte pra que eu me desperte.

Depois de um final de ano tumultuado, com muitas visitas na minha casa e fortes emoções estou voltando ao meu centro e ao meu ritmo saudável, com pedaladas diárias, Yoga pela manhã e banhos de mar. Pra poder fazer isso e ainda dar conta da construção do meu disco, gravações, arranjos, idéias e ainda continuar compondo coisas novas e escrevendo meus poemas, não há outra forma senão acordar bem cedo e aproveitar ao máximo possível o meu dia.

Obrigado pela presenca e comentários de todos.

Vi que tem gente nova no pedaço, A Própria que já está começando a fazer parte do elenco, Daniela Sampaio, Karin, Almir Soares, André Luiz e Emilia Carolina (acho que os dois ultimos tenho visto no Twitter). Também notei apresença de alguém que andava sumida, Enterrem meu coração (é Sonia Idalgo? não lembro...)

E sempre contando, é claro com as presenças fiéis de Hannaly, Veluma, Danielle, Bárbara, Luana e Tainara Claudia. Daqui a pouco aparecem Hamanda e Luan ...

Tainara, suas participações sempre me impulsionam, pois me reconectam com a Eubiose que assim como é importante pra você, já foi e continua sendo uma fonte de conhecimento e de energia equilibrante para minha vida.

Sobre Granito, escrevi o poema pensando no Morro Dois Irmãos,que possui uma base comum dividida em dois cumes muito próximos que, dependendo do ângulo, parecem ser um cume só. É a pedra que aparece fotografada logo acima do poema.

Segundo a Eubiose esse morro representa os dois filhos de Badezir, rei da Fenícia que, por volta de 800 AC, teria sofrido um golpe de Estado perpetrado por seu irmão e teria navegado até o Brasil com esse casal de filhos, um sacerdote e parte de sua corte, composta também de alguns soldados fiéis.

Disse que esses filhos eram gêmeos e que formavam um andrógino perfeito, o que segundo tradições gnósticas seriam duas almas gêmeas, separadas em outras eras, quando os Deuses, para punir a arrogância dos seres humanos que eram andróginos, os teriam separado em dois sexos, originando essa nossa busca incessante por alguém que nos complete, esse "algo alguma coisa alguém pra nos acompanhar" com todas as paixões que isso acarreta.

O poema, portanto é bem alegórico, e também arranha a idéia da teoria da relatividade, onde Eisntein demonstrou que a luz também era atraída pela força da gravidade descrevendo curvas orbitais, levando aí a outros avanços da ciência, a física quântica o princípio da incerteza e as possibilidades de viagem no tempo e também a concepção de que o espaço tempo é ilusório e que o que há de fato é a eternidade do aqui e agora que pode nos conduzir à iluminação através das práticas de meditação e de yoga.

Por isso complementei o poema assim que o sol nasceu.

Ainda o considero "work in progress'
preciso aparar algumas arestas ou talvez complementar algumas idéias, ou talvez ele esteja completo e eu nnao perceba.

Necessito de distância para observá-lo

Por enquanto é isso.
Colei a parte nova num álbum com as fotos de hoje no facebook.

Bom dia a todos. E até breve.
Beijones e abraçones

Enterrem o meu coração disse...

Antônio, é a Sonia mesmo. Eu não estou ausente. Apenas não me manifesto sempre, mas leio tudinho, sem deixar uma linha de fora (rs). Bjks a todos os que frequentam aqui...

Tainara Cláudia disse...

Oi, Totonho!!
Oi, amigos do blog!!

Tots, fico muito faliz em poder te proporcionar esse impulso. Gosto muito de vc e sempre estarei pronta para trocar ideias e conversar com vc. Bem, como no meu dia a dia não encontro pessoas com quem posso conversar esses assuntos mais profundos, gosto de dividir um pouco aqui no seu blog e agora tambem no meu blog e de conversar com vc que já esteve na Eubiose e conhece esses estudos. E tambem pela sua simpatia e pela sua música que eu amo tanto.

Sobre o androginismo, os sexos foram separados no fim da Terceira Raça-Mãe, a Lemuriana, daí passou a ter a busca pelo androginismo psíquico, ou seja, perfeito equilíbrio de todos os corpos, mais especificamente Homem Soli-lunar e Mulher Luni-solar.

Sobre o poema também lembrei de Eisntein quando li.

Achei lindo quando vc citou uma parte da letra de Que Se Danem Os Nós, música linda que eu adoro e gosto da versão do seu cd Sinal Dos Tempos em que vc canta com a Ana.

Vou ficando por aqui.

Totonho!!
E eu voltarei "por entre as flores da estrada pra dizer que sem você não há mais nada." rsrs

Beijones e abraçones a todos!!

Ana disse...

Oie pessoal!!

Totonho as fotos e os poemas estão realmente muito bonitos!

Estamos todos numa ótima expectativa pelo novo disco!!!




bjão

AMANDACAMPOSAC disse...

ANTÔNIO VILLEROY

A ANA CAROLINA TEM RAZÃO QUANDO FALOU QUE SEUS POEMAS SÃO CLÁSSICOS!!!PALAVRAS,RITMOS,RIMAS EM PERFEITA SINTONIA COMO SUAS CANÇÕES!!!
DE TANTO LER SUAS POESIAS,CADA VEZ + AMOOO!!!

ODE A OXUM,O ANJO A ROSA E O VENTO,EYES OF LIGHTNESS E GRANITO SÃO FASCINANTES,UM + LINDO DO QUE O OUTRO...FASCINANTES,NÃO PARO + DE LER...

QUANDO VC DIZ QUE O DIA PASSA TÃO RÁPIDO,TENS RAZÃO PQ JÁ ESTAMOS NA METADE DE JANEIRO!O TEMPO VOA E SE VC NÃO ESTIVER LIGADO JÁ VIU,TEMOS QUE VIVER CADA SEGUNDO DA NOSSA VIDA COMO SE FOSSE O ÚLTIMO MOMENTO!!!

AS FOTOS TAMBÉM DÃO O AR DA GRAÇA,LINDAS,MARAVILHOSAS...VER O MAR É O PARAÍSO...VC ESTÁ SE SAINDO MUITO BEM DE FOTÓGRAFO!!!!!!!!!

ADOREI SABER QUE A CANÇÃO "FELICIDADE" DO LUPICÍNIO TERÁ OUTRA ROUPAGEM NO SEU DISCO!!!ADORO ESSA CANÇÃO,LINDA!!!
ESTOU DOIDA PRA VER ESSE CD NOVO!!!


SÓ FIQUEI TRISTE QUANDO VC DISSE NO TWITTER QUE A CANÇÃO "HEROÍNA E VILÃ" NÃO VAI ENTRAR NO REPERTÓRIO.NÃO PARO DE ESCUTAR ESSA CANÇÃO NO CD DA ANA CAROLINA,MAS AGORA VOU COMPRAR O CD DA NOVELA BELA,A FEIA PRA ESCUTAR COMO FICOU A VERSÃO QUE FEZ PRA NOVELA!

AGORA ESPERAR TERMINAR AS GRAVAÇÕES QUE ESTÃO ROLANDO ATÉ O FINAL DE JANEIRO!!!MUITO TRABALHO AINDA PELA FRENTE E ACHO QUE VAI ENTRAR FINAL DE SEMANA ADENTRO... PRA QUE FIQUE TUDO PERFEITO DO JEITO QUE VC ESPERA!!!BOM TRABALHO,BOA GRAVAÇÃO!!!

CONTANDO OS DIAS PRO LANÇAMENTO DO CD EM MARÇO!!!E QUANDO TERÁ SHOW???

BEIJUUUSSS VILLE!!!
Ti AdORuuu,viuuu!!!!!!!!!!!!!!

AMANHÃ(15/01)TODO MUNDO ESTARÁ OFF NA INTERNET DE NOITE... NEM CONTO PQ???RS...SHOW DA ANA CAROLINA PROMETE...EU VOUUUU

BEIJUUUSSS PESSOAL

HAMANDA CAMPOS

Luan disse...

Ops! Cheguei! hehe

Rapaz, assim como você, também não durmo as 8h (teoricamente) necessárias não. Pode parecer loucura, mas acho que durmir mais que 7h já é perder tempo. ^^
Ah! E falando nisso... Na verdade, esses dias, especificamente, tenho durmindo ainda menos. Mas muito menos msmo. RESULTADO DO VESTIBULAR SAI HOJE! Daqui a pouco! É triste esperar anos por esse dia. Quando o dia chega, parece q o relógio tá sem pilha. Rs
Já tô suando aqui... Mas, só resta esperar e ter fé. O que tinha que ser feito já fiz.

E falando em expectativa...

E esse CD?! Que bom que gravou "Felicidade". Prefiro músicas alegres, mas gosto muito dessa. Tô curioso pra ouvir. Já devo ter falado aqui... as músicas que já estão disponíveis no site e no myspace são muito boas... Esse deve ser seu melhor CD.

Quanta ansiosidade pra uma pessoa sÓ! hahsuahsas

Pra me acalmar, só lendo as obras-prima com a marca "Villeroy". Show de bola!

Luan disse...

obras-primaS*

AMANDACAMPOSAC disse...

VILLEROY

ONTEM (15/01) FOI O DIA DO COMPOSITOR! PARABÉNS PELO DIA DE ONTEM!!!UM GRANDE BEIJOOO

SHOW DA ANA CAROLINA ONTEM FOI LINDOOO!!!ELA A.R.R.A.S.O.U
MARAVILHOSOOOOOOOOOO

BEIJUS PESSOAL

HAMANDA CAMPOS

Belle disse...

Boa tarde Pessoal, saudades de todos...tô voltando...tô voltando!!!

Antonioooo...que saudades de vc e das suas palavras!! Agora estou de volta...vou tentar não abandonar mais apesar dessa minha vida conturbada, muitas coisas aconteceram nesses últimos tempos mas estou tentando me organizar para continuar fazendo as coisas que tanto gosto!

Matei um pouco as saudades lendo o seu post, quanta coisa bonita escreveu, que bom que sabe aproveitar o máximo esse seu dom, arrasa sempre!

Muito bom saber que o CD novo será lançado em Março, muito bom, agora falta pouquinho!!! E logo em seguida os shows, não é???? Muitooosss aqui no Rio né!?!? rsrsrs

Lindas fotos também Antonio, volta e meia me pego lembrando dessa vista maravilhosa da sua varanda...umas das coisas que ficaram marcadas daquele dia sensacional que foi o do Sarau...simplesmente inesquecível!

Obrigada por tudo!
Saudades!
Beijos,
Isabelle!

PS: Mais tarde estarei no meu primeiro show da Ana dessa nova turnê...mega ansiosa!!!

ABES - Associação Boqueirãoense de Escritores disse...

Vida Longa ao Poeta!: escultor de palavras. Gosto dessas viagens que faço pela net, chego a lugares inusitados, prazerosos. Como este aqui.

"nem a lua que ilumina o céu
sabe o quanto ela é amada".

Arrepio na alma.
belo texto, poeta.
Abraço poético,

Mirtes Waleska Sulpino
http://mirteswaleska.blogspot.com

Tainara Cláudia disse...

Oi Totonho!!
Oi galera do blog!!

Eu voltei!! rsrs
E sempre voltarei!!

Tots querido andei pensando no que vc disse sobre as minha participações no blog e acho que como eu te impulsiono, fazer parte desse blog maravilhoso já faz parte da minha vida. Toda vez que venho na lan navegar na internet, ento aqui pra dar um olhadinham, ler os comentários dos companheiros do blog.
Acho que não vou deixar isso aqui mais não!!rsrs

Bjos a todos!!

A Nuvem de Nejar disse...

Antonio, senti a sua falta no palco com a Ana no domingo, fosse para dar à luz a "Heroína e Vilã", fosse para relembrar "2 bicudos". Faltou vc...

Só te vi no tablado da Hideaway há sei lá, mais de um ano, e estava tão gostoso, no último dia dos shows por lá, cantei tanto... tava tão bom. Saudade de te ver nos palcos, de verdade...

As meninas riram bastante das risadas que vc deu delas rsrs
A mulherada em dia de show fica alterada mesmo rsrs

Sabe que a sua presença, mesmo que não tão próxima assim, já está com um ar de colega... estranho, né?
Eu não costumo me dirigir a você quando estamos em um mesmo ambiente. Aliás, tenho esse bloqueio com gente "famosa" rsrs pq ñ suporto pegar no pé...
Mas sinto um ar familiar quando vc está por perto.
As presenças sua, das amigas, das canções, do ambiente festivo, fazem dos shows o nosso "sarau" rsrs

São momentos importantes para mim quando me reconecto com as coisas mais prazerosas da vida, comigo mesma, me largo toda, nos gestos, na voz, nas caras e bocas.
É um verdadeiro exercício de entrega...
E fico pensano como deve ser confuso para vc esse relacionamento com as fãs da Ana que tb são suas fãs.
Aliás, como deve ser estranho ter fãs, vamos combinar... Pq no fundo é todo mundo tão... "gente" assim, sabe?
Confesso que tenho um pouco de dificuldade de lidar com isso, de ter receio de chegar perto de vc e trocar idéias sobre tanta coisa bacana, em comum e vc ficar achando que é por algum tipo de interesse...

Mas... uma hora isso passa.
Enfim...

Suas fotos estão poemas por si só.
Essas fotos registradas em momentos de luz que unificam as formas são realmente lindas.

E trazem uma gama de cor que me transmite muita paz e um certo medo.As luzes do amanhecer, quando as presencio, me dão felicidade por serem tão profundas e prenuncio de que tudo segue, tudo gira, tudo continua independente de nós. Me ajuda a ter a exata dimensão do que sou.

Mas tb me transmite um certo medo, pq dificilmente passo a noite em claro, e qdo vejo a madrugada terminar é porque não dormi KKK E dormir para mim é importantíssimo!
Eu renasço nos sonhos. Meus sonhos são fundamentais para mim. Resolvo tanta coisa quando durmo...

Por exemplo, já são 2:10 da manhã e estou aqui escrevendo. Hoje já é o dia do aniversário de 9 anos das minhas filhas gêmeas... Vou comemorar muito com elas, que são partes de mim andando soltas por aí, nesse mundo doido e delicioso... Vou dormir menos horas do que gostaria, mas estou resolvendo outras coisas aqui enquanto escrevo.

Excelente trabalho para vc, que tudo saia direitinho para que brevemente tenhamos vc nos palcos novamente, e suas novas canções enchendo nosso peito de emoção.

Bjs e saudade

Letícia

AMANDACAMPOSAC disse...

OLÁ PESSSOAL
ESTAVA COM SAUDADES DAQUI

FUI NO SHOW DO JESSE HARRIS!ELE ARRASOU!!!O SHOW FOI EXCELENTE,ADOREiii!!!!!!!!!!!

OBRIGADA VILLE POR PRODUZIR ESSE CANTOR AQUI ATRAVÉS DO SEU SELO!NOSSA,FOI LINDOOO!!!

BEIJUS

HAMANDA CAMPOS

Alê Barreto disse...

Olá Antonio, tudo bem?
Fui hoje ao show do Cláudio Lins e lembrei de você. Aí vim parar no site e entrei pela primeira vez no blog. Este post, no formato bate-papo, dá um tom muito agradável para a leitura. E as imagens e a poesia trazem a sonoridade. Tudo isso com informações atualizadas sobre o seu trabalho. Ótimas as notícias. Eu admiro a forma como você gerencia sua carreira artística. Muito bom o seu blog. Espero revê-lo em breve.
Um grande abraço,

Alê Barreto

Alê Barreto

Daniel Amaral disse...

Oi...
e incrível como a internet tem o poder de juntar as pessoas mesmo elas estando distantes. E como as vezes alguns sentimentos e pensamentos podem unir mais ainda.
Confesso que não conhecia seu trabalho e que fiquei surpreso com o seu modo de escrever.
Fique feliz, você conseguiu prender a atenção de um bipolar por mais de 10 minutos.
Quanto a buscar a inocência isso é muito bom. Vivemos em um mundo onde tudo é muito rápido, globalizado e sentimentos como amor, carinho e afeto são banalizados.
Enfim,
você ganhou mais um seguidor em seu blog!
Um abraço,
se dedique ao CD, as fotos que estão perfeitas e em tudo mais que seu coração mandar e seu tempo permitir.
Força, fé , saúde e criatividade...
Que isso não te falte jamais...

Juliana!!! disse...

Totonho e pessoal,

Dei uma sumida por problemas familiares e a propria viagem ao RJ!
Agora to conseguindo retornar e postar...

Como faz tempo que ja esta sendo comentado, vou tentar ser breve, ok!

As imagens postadas sao sempre muito bem-vindas, inspiram, tocam, sabe? Fora que despertam sempre minha imensa admiracao pelo RJ!

Obviamente, sabemos de todos os problemas encontrados no RJ (alias em TODOS os lugares!) Enfim, acho q esse comentario "pessimista" é fruto do filme que acabei de assistir Ültima Parada 174"...

O despertar de uma pessoa sensivel e apta a produzir Arte cheio de tanta vida so pode dar nisso mesmo: muita poesia! Poesia que pode ser de varias formas, mas sempre expressao artistica!

Qto o twitter, acredito que seja uma ferramenta interessante, porem nunca substituira um espaco como este... Penso que, da mesma forma, um livro nunca sera substituido... O folhear, o cheiro do papel, o visual... Pode ser pq minha geracao ainda teve contato com o mundo "pre-virtual"e bata um certo saudosismo... Nao sei!

Acredito que o passar do tempo seja relativo de acordo com a relacao que obtemos com ele... Ainda preciso melhor conviver com ele! hehehe
8hs sao necessarias, embora ja tenha tido a rotina de dormir apenas 5/6hs por dia qdo matinha um ritmo louco de trabalho!

Qto a gravacao do CD agradeço por compartilhar a gestaçao desse conosco, seja atraves de FOTOS, RELATOS ou RABISCOS!

Ah, estou envolvida em "supor" Recomeço - duo Tots e Gadu! hehehe

Bjaooooo!

PS> Tentei ser breve, mas acredito nao ter tido sucesso kkkk
PS2>Adorei o som do Jesse Harris! Infelizmente, nao posso comparecer aos outros lancamentos do Projeto Cantautor! Quem estiver no RJ, FAVOR comparecer, hein!

Anônimo disse...

Sim... Cadê Villeroy????

Luan disse...

Ops! O comentário acima foi meu. Fui clicar em Publicar Comentário e acabei clicando em Anônimo. Qdo vi, depois, já tava postado e não tenho como apagar. Desculpe aí!

Anônimo disse...

LETICIA RAMOS (RJ)...NÃO SE POSSO..MAIS gostaria de fazer uma colocação em relação ao talento da maria gadú....embora ela seje tão nova ela parece q tras uma bagagem musical muito grande ela tem uma personalidade musical enorme...eu fico impressionada.ela cosegue colocar uma força enorme em suas composições e na maneira de cantar ela tem uma identidade própria..eu gosto de cantores q cantam com alma....Totonho+A.C+MARIA GADÚ..ADOROOOOO...GOSTEI MUITO DESSE ESPAÇO......... OBRIGADO..

Anônimo disse...

TOTONHO:mentor querido, abençoado, meu compostitor favorito, dentre todos atualmente, na MPB- só perdendo para ANA CAROLINA- desculpe, não tem jeito, sou professora e leciono em uma escola pública de Ribeirão Preto e há poucos dias atrás, realizei com os alunos, um fervoroso debate, cuja base eram as ideias da canção"Sinal dos Tempos". Eles amaram a letra e eu, que já amava este trabalho seu, depois deste momento, passei a amar mais ainda, porque vi estampado nos rostos de jovens de 14 a 22 anos, muito ânimo e motivação para começar 2010 com bastante otimismo. Fiz um círculo com eles e eu queria muito mesmo, que você tivesse visto ao vivo e à cores, o entusiasmo dos meus alunos adolescentes.Querido, seu site, de fato, é o máximo e eu lhe desejo tudo, mas tudo mesmo de bom, nesta vida. Acho que você é um profissional de uma competência ímpar e eu morro literalmente, de vontade de conhecer você pessoalmente, porque você deve mesmo e com todo respeito, uma pessoa agradabilíssima, de se conversar.Beijos e muito, mas muito sucesso, mesmo...!!!Lúcia Cristina Rudge Bortoli-Ribeirão Preto/São Paulo.

bores disse...

LAMENTAVEL Q A MÍDIA Ñ DIVULGA TALENTOS COM VC.ELA INTOXICA OS BRASILEIROS COM RABISCOS.TE CONHECIR ATRAVEZ DE UM CVD,ME APAIXONEI COM O TRABALHO,MINHA MULHER NEM S FALA.ASISTO PELOMENOS 2 OU 3 XS POR SEMANA.SÓ TENHO ELE,FELICIDADES NO TEU TRABALHO.DO SEU FÃ João Carlos DE BRAGANÇA-PA.

celeste abrantes disse...

a sementinha já foi plantada, agora é so regar, amadurecer e concluir. Não faça só a abertura do show da Ana, mais faça um show inteiro,completo com ela. O publico da Ana e meio estérico, mais tem bom gosto. Isso vai ser tudo de bom. Vai ser um presentão.

Karin disse...

Vai ser maravilhoso ler aqui as impressões do Antonio da estréia do show em PoA e do lançamento do novo CD.Estou ansiosa!o FC está bombando,o site está incrível...As fotos colocadas hj do show de ontem estão D+! Sucesso e muita luz para Você sempre!!!Beijos

Victor Góis disse...

Olá, Totonho. Blz! Pow, vi sua entrevista no "Sem Censura" que estava mto especial com um elenco de compositores feras!!! Não vejo a hr de ouvir seu CD mas aki ainda não chegou! Moro em São João del Rei - MG, sou cantor e compositor tb. Grande abraço e parabéns.

Alessandra disse...

Oi Totonho,tudo bem? Acompanho teu blog faz um tempo e adoro teus comentarios,dicas,musicas e fotos.
Estava acompanhando os preparativos finais de teu JOSE.
tive o prazer de estar presente no Teatro São Pedro em Poa no primeiro show,fiquei muito emocionada,é maravilhoso, a composição, letra, música e voz,
Bom barbaridade tche!!!!!!